"President Obama, you are wrong" ou "Queria argumentar igual Keith Olbermann"

Por

Queria saber argumentar igual Keith Olbermann. Essa semana vi um comentário especial na MSNBC (que é considerada a mais “revoltada” das redes de notícia dos EUA). Alguns dos colunistas do nosso jornalismo deveriam aprender com esse vídeo como se critica um presidente.

Ele passa cinco minutos comentando a decisão hipócrita a respeito de tortura posta em ação por Juscelino Obama essa semana. Basicamente, Obama divulgou diversos documentos relativos a tortura que não apenas expõe alguns segredos de segurança internacional, como mostra diversas atrocidades cometidas durante a gestão Bush-filho. Já mostrei minha posição sobre tortura aqui, e já sabem que acho que em alguns momentos ela é importante e inevitável.

O que importa aqui é que Obama decidiu não processar os responsáveis por esses excessos (que foram muitos e imperdoáveis). Nesse momento é que o argumento de Olberman brilha, mostrando que um presidente não deve ter medo e nunca deve deixar passar o momento.

E principalmente, nunca se deve superar o passado, mas sim combater e corrigir todos os erros lá ocorridos, para que não crescam e nos tormentem com mais força.

É um recado que todos os líderes mundiais deveriam ouvir.

O vídeo está em inglês, ainda não existe nenhuma versão

legendada ou transcrição disponível.



Categorias: Estados Unidos, Política e Política Externa