Post do Leitor

Post do Leitor – Rodrigo Vilarinho Rossi

[Pessoal, segue logo abaixo um post feito pelo aluno do 4º Ano de Relações Internacionais da Unesp-Franca, Rodrigo Vilarinho Rossi. Está muito bom! Obrigado, Rodrigo, e está convidado a aparecer sempre por aqui.]

O desastrado e a exibicionistaAgora nos deparamos com a seguinte notícia: “Governo dos EUA divulga, acidentalmente, relatório nuclear secreto.”

Depois do grande empenho da Coréia do Norte de mostrar para todo o mundo a sua capacidade bélica e nuclear, os EUA divulgam “acidentalmente” um relatório intitulado como “altamente confidencial”, de 266 páginas com informações de vários programas nucleares americanos, “incluindo mapas e informações relativas à localização de combustíveis para armas nucleares”, e mais, a revelação foi feita pelo jornal The New York Times, que é considerado um dos mais influentes e legítimos jornais do mundo.

Mas que coincidência!

Deterrence, palavra utilizada nas Relações Internacionais, ou dissuasão (traduzida para a língua portuguesa) é o que a divulgação dos projetos nucleares dos EUA deseja alcançar, a meu ver. Ou seja, os EUA, com essa atitude (creio eu, não acidental), estão demonstrando ao mundo e, principalmente, à Coréia do Norte a sua grande capacidade de retaliação a qualquer atitude hostil que venha a abalar, direta ou indiretamente, a sua segurança. Tudo isso para que a Coréia do Norte repense seu posicionamento e suas atitudes, que estão causando fervor no cenário internacional.

Farei uma previsão do futuro:

Com a minúscula possibilidade de um conflito direto, o “desastrado” EUA será o futuro “exibicionista”, zelador da paz e da tranqüilidade do sistema internacional, e a “exibicionista” Coréia do Norte será a futura “desastrada”, não conseguindo, através de suas exibições nucleares, impor seus interesses.

Só nos resta esperar o próximo capítulo desta novela.


Categorias: Post do leitor