O resto do mundo (também conhecido como África) que se @$#&

Por

Como comentado aqui antes, existe uma tendência em ignorar o que ocorre no resto mundo exceto em casos extremos, principalmente quando na África. Passeando pelos jornais online (que não são nem um pouco imparciais, mas deixa pra lá) vi duas notícias que me intrigaram bastante.

A primeira que fala sobre uma enchente catastrófica que está afetando DEZESEIS PAÍSES DA ÁFRICA e está deixando mais de 600.000 pessoas afetadas. Como já conhecemos as excelentes condições de saúde e defesa civil na África, antecipa-se o pior…

Claro, estão ocorrendo enchentes/tempestades/furacões em várias partes do mundo (inclusive no Brasil), mas como sempre, quanto menos relevante o país, menos sabemos deles…

Mas a que mais me intrigou foi essa: “Congo condena dois noruegueses à morte por espionagem e assassinato”. Acusados de assassinar um motorista e tentar matar uma testemunha, foram considerados pelo Congo de serem espiões (!!!) e o governo do Congo já avisou: “não serão extraditados”. Esse é um assunto a ser acompanhado de perto, afinal, pode ser a primeira execução oficial de extrangeiros em muito tempo (ou até mesmo a primeira do Congo “democrático”).

Podem pensar “Mas e se eles forem mesmo espiões?” . Mas cadê os direitos? Imaginem se vissemos um brasileiro sendo condenado a morte, algo que o Brasil é contra, sem o nosso governo ter acesso às provas ou até mesmo qualquer documento desse julgamento? Isso é uma violação da soberania norueguesa sem limites, podendo abrir um precedente para outras condenações futuras, pondo em perigo missões diplomáticas e até mesmo a presença de ONGs internacionais, que rotinamente são acusadas de espionagem para os “imperialistas”.

E como a República “Democrática” do Congo não é boba nem nada, já declarou que não irá mais executar os prisioneiros…

O que chama a atenção também é como que um caso tão grave, que poderia afetar fortemente as relações exteriores não apenas do Congo, mas de todo o continente Africano, teve pouco destaque.


Categorias: África


1 comments
Luciano
Luciano

Mandou bem no tema.Nada a acrescentar.