Nas mãos dela…

Por

 

O conceito de segurança costuma – tradicionalmente – estar vinculado ao imaginário do mundo masculino, cercado por clichês e desafios nunca antes enfrentados por mulheres. Contudo – gradual, mas continuamente –, o empoderamento feminino tem se mostrado uma constante dos nossos tempos.

Mulheres alcançando direitos, reivindicando espaços e conquistando responsabilidades nas mais diversas esferas, com os mais diversos tipos de atividades. Hoje, pela primeira vez na história, uma mulher assumiu a direção do Serviço Secreto dos Estados Unidos.

Julia Pierson, agente com ampla e reconhecida experiência profissional, já entrou hoje para a história de seu país. Nas mãos dela encontra-se, em primeira e em última instância, a proteção do presidente Obama, do vice-presidente Biden e de suas famílias. 

Cargo alcançado por meio de nomeação direta da parte de Obama, fato é que o gênero não mais representa um obstáculo em si mesmo para que as mulheres se insiram cada vez mais em universos antes exclusivamente masculinos, em especial no que se refere à política e às relações internacionais.

Com 30 anos de experiência, a responsabilidade de Julia será ainda de restaurar a imagem de “integridade” da instituição, manchada pelo grande escândalo de prostituição dos agentes na Colômbia ocorrido no ano passado por ocasião da ida de Obama à Cúpula das Américas.

Forte e determinada, a imagem desta que hoje já é oficialmente a titular do posto máximo traz consigo uma tendência crescente de inserção feminina em horizontes talvez nunca antes imaginados no cenário internacional. Em nossas mãos, a responsabilidade de transformar pouco a pouco os padrões de uma sociedade, tornando-a cada vez mais igualitária em todos os sentidos possíveis. 


Categorias: Estados Unidos


0 comments