Há um ano...

Por

Dia 22 de abril. Nesse ano, momento para se comemorar a Páscoa, tempo de celebrar memórias religiosas. Ao mesmo tempo, só por curiosidade o dia da Força Aérea Brasileira, do Planeta Terra e também do Descobrimento do Brasil. Se é um dia de tantas lembranças, por que não usá-lo também para lembrar textos e questões memoráveis que tratávamos há um ano? O famoso exercício de memórias da Página Internacional será o tema de hoje.

Comecemos pelo post que se deu há exatamente um ano. Um texto de minha autoria (clique aqui para ler) que discutiu o ultimato do famoso caso das Papeleiras, entre Uruguai e Argentina. Sim, aquela polêmica ocasião de um contencioso entre os dois países quando da instalação de indústrias papeleiras do lado uruguaio do rio Uruguai iniciada no ano de 2003. Discuti a decisão da Corte Internacional de Justiça que condenava a ação uruguaia, mas não o obrigava a desativar as indústrias. Ambos governos declararam-se satisfeitos e pouco se ouviu sobre a questão desde então.

Na mesma semana, o Kita discutiu a história da Polônia (clique aqui para conferir). O texto veio no contexto do acidente de avião que causou o falecimento do então presidente polonês, Kaczynski e de sua comitiva. Foram retomados momentos marcantes da história polonesa mostrando que esse povo não teria a necessidade de criar mártires ou fantasiar contos de identidade nacional já que sua história já foi sofrida o suficiente para demonstrar a determinação dos poloneses.

O Giovanni também tratou, em seu post, de uma questão interessante que pode ser discutida até hoje, um suposto paradoxo do governo de Obama. À época, ao passo que o governo recebia avaliações negativas de desconfiança no plano interno, no plano externo, era visto como portador de possíveis mudanças, ou seja, possuía uma visão positiva. Esse paradoxo materializou-se no final do ano de 2010 pela perda de maioria no congresso. Há aqueles que dizem que Obama será um novo Jimmy Carter, um outsider na política estadunidense que não terá forças para se reeleger. Seria esse outro presidente de um mandato só? Mandato que pode ter sido minado ao final do ano de 2010. Agora com o anuncio de sua campanha de reeleição, o presidente estadunidense ainda terá que trabalhar muito para manter-se no governo.

Esses foram alguns dos temas tratados no blog há ano. E é isso aí, pessoal, lembrar é sempre bom para refletirmos sobre algumas questões atuais. Que continuemos postando e relembrando!


Categorias: Há um ano...


0 comments