Há um ano...

Por

Desta vez, faremos um pouco diferente do usual. Olharemos não só para o que comentávamos em 2011, mas também passaremos brevemente por 2010.

Começamos pelo ano passado, quando recebemos uma contribuição da leitora Ana Elisa, na qual se discutia a política externa brasileira e a busca por maior protagonismo internacional. Se por um lado o Brasil tentava incursionar pelo Oriente Médio, tanto nas negociações de paz como através da aproximação com o Irã, por outro deixava as relações com países vizinhos em um quadro secundário. Para a leitora, a postura de nossa política exterior deveria ser repensada, focando-se em nossos parceiros mais evidentes.

Logo em seqüência, Ivan trouxe para debate um tema pouco (ou nada) tratado. Uma discussão a portas fechadas sobre a criação de um organismo internacional, nos moldes da OMC, com o objetivo de combater a pirataria em medicamentos, produção industrial, propriedade intelectual, entre outros. A principal crítica levantada pelo colaborador era a maneira que foi escolhida para condução da discussão: portas fechadas, apesar o evidente interesse público. O risco envolvido de invasão de privacidade fazia premente um maior envolvimento de todos na questão. Neste caso, no entanto, a morosidade nas discussões internacionais emperrava uma resolução rápida destas negociações. O texto final do acordo foi elaborado em maio do ano passado, sendo assinado por alguns países já em outubro.

Para finalizar, voltamos um pouco mais no tempo. No dia 22 de março de 2010, em artigo escrito por Álvaro, tratávamos da aprovação do Congresso norte-americano da prometida reforma da saúde no país. É a tal “Obamacare”, tão atacada e criticada pelos candidatos republicanos à presidência. Assim, ficava marcado um dos passos finais para a instauração de um novo sistema de saúde efetivamente público, com preços bem mais baixos que os do setor privado. Idealmente a saúde deixava de ser estritamente um negócio, passando a ser um serviço público que abrangia a maioria dos cidadãos do país. Este tema está sendo revisitado nas primárias do partido republicano, novos capítulos ainda virão.

Seguimos postando e relembrando! 


Categorias: Há um ano...