Há um ano...

Por

Há um ano, um importante assunto discutido no blog era a nova tentativa de estabelecimento de um acordo de paz entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) que se iniciava. Assunto polêmico, que envolve a importante participação da sociedade civil e que trata de um conflito extremamente complexo que envolve guerrilhas, grupos armados, milícias paramilitares, e forças do Estado, já tendo deixado aproximadamente 220 mil mortos há décadas, desde 1958.

Hoje, essa tentativa parece render bons frutos, centrando-se em cinco grandes pontos de negociação: desenvolvimento rural, participação política, fim do conflito armado, narcotráfico e direitos das vítimas. Amanhã se inicia o 14º ciclo de negociações em Havana, Cuba, sendo que momentos decisivos se aproximam. Mujica, presidente do Uruguai, pede o apoio do Mercosul ao processo; Jonh Kerry, secretário de Estado estadunidense, qualifica o processo de paz como corajoso e criativo; as expectativas são altas e as perspectivas otimistas em relação à presente iniciativa.

Outro tema abordado foram as eleições em Angola, pela primeira vez livres desde a guerra civil que perdurou no país de 1975 a 2002. O clima de “normalidade” prevaleceu, apesar do possível questionamento ao adjetivo “livres” para eleições que apenas garantiram a continuidade de José Eduardo dos Santos, no poder há mais de 30 anos.

Denúncias de corrupção no regime rondam seu governo atualmente, sendo que sua filha mais velha, Isabel dos Santos, foi considerada pela Revista Forbes como a mulher mais rica da África (!). Ainda, pela primeira vez Santos permaneceu ausente de Angola por mais de um mês sem notícias de seu paradeiro, revelando o personalismo ainda predominante no governo e nos levando a crer que (infelizmente) talvez pouco se altere nos próximos anos… 

E seguimos então, ano após ano,  postando e relembrando na nossa Página Internacional! 


Categorias: África, Américas, Há um ano...


0 comments