Há um ano...

Por

…a Página Internacional anunciava uma novidade para a América Latina e Caribe. A criação de um novo organismo internacional desses países, a Celac (Cúpula para os Países da América Latina e Caribe). O órgão foi recebido com otimismo e ceticismo por muitos, e representava, para muitos desses países, a oportunidade de se ter uma espécie de OEA sem os Estados Unidos. Nesse texto (clique aqui para relembrar), a Bianca discutiu se a Celac era esse instrumento de libertação ou apenas uma nova organização sem função prática.

Na mesma semana, discutiu-se um outro capítulo do famigerado programa nuclear iraniano. Desta vez, a reação de parte da população do Irã aos bloqueios de transações financeiras e contas bancarias iranianas no Reino Unido. Essa reação causou um furdunço e violações da embaixada britânica no país. O Álvaro tratou dessa questão no texto Imunidade, no qual abordou a possível inação do governo de Ahmadnejad e a falta de preservação da imunidade diplomática no caso. 

Também um ano atrás, o Brasil preocupava-se com divisões. Questão que levou o Pará a realizar um plebiscito que propunha a criação de dois outros estados retirados de seu território, Tapajós e Carajás. Hoje sabe-se que a população do estado negou a proposta, pois 66,08% foi contra Tapajós e 66,60% contra Carajás. Sobre esse tema, o Luiz Felipe apontou, no dia do plebiscito, quais eram os argumentos pró e contra e quais eram as consequências disso para as cidades da região norte. Vale a pena reler para relembrar esse importante capítulo da história brasileira.

A Bianca também trouxe um tema extremamente delicado: as amplas mortes de inocentes na Colômbia, resultado do conflito entre as Farcs, grupos paramilitares e o governo. Em seu texto, Impunidade, aborda o conflito colombiano e como inúmeros inocentes acabam como dano residual de uma luta que demonstra incapacidade do Estado de lidar com as guerrilhas de esquerda e as ações inconsequentes de financiar grupos paramilitares para cobrir o trabalho que não é feito pela polícia. 

É isso aí, pessoal, postando e relembrando!


Categorias: Há um ano...


0 comments