Há um ano...

Por

Nesse primeiro “há um ano” de 2013, temos os assuntos que eram a coisa quente do momento em 2012, mas que pelo jeito não eram tão novidade assim já na sua época– e continuam em pauta até hoje. 

Peguem o caso da postagem de 2 de fevereiro, sobre as manobras do Irã para fechar o estreito de Ormuz. A ameaça era a de fechar uma das principais rotas de escoamento de petróleo do mundo e navios de todas as partes estavam rumando para lá. O temor era de uma guerra, mas felizmente, como se previa, não rolou nada, e ficou no blefe essa manobra para defender o programa nuclear de Teerã. Na verdade, rolou, a continuidade dos exercícios militares e movimentação naval na região ao longo de todo o ano de 2012, e que são noticia até os dias de hoje, como vimos na última sexta-feira. 

E o que poderia ser mais atual que a controvérsia das Falklands? No dia 06, postagem da Bianca relembrava o tema, de um ponto de vista teórico, no contexto do apoio regional à reivindicação argentina. Em 2012 o assunto esquentou novamente, com a presidente Kirchner trazendo a discussão de novo à tona (segundo os mais maldosos para desviar a atenção dos problemas internos, mas isso é outra história…) e que quase levou Argentina e Inglaterra às vias de fato de novo. Nessa semana a coisa pegou fogo, com a guerra de palavras entre Kirchner, que mandou uma carta direta a Cameron exigindo a negociação das ilhas, e tabloides ingleses, que fizeram o que sabem melhor, causar polêmica, com provocativos anúncios mandando a Argentina “tirar as mãos” das ilhas. Que vão continuar como Falkland por um bom tempo, do jeito que a coisa anda. 

Por fim, no dia 07, a bola da vez era a indecisão do Partido Republicano sobre quem escolheria para enfrentar Obama. Romney ainda era o mais indicado, mas havia a possibilidade de surpresas, tanto na escolha do partido como na própria eleição, que de fato se mostraria bem acirrada. Não que isso tenha mudado muita coisa no final, como vimos em outubro, mas fazer o quê… Dá o que imaginar se os republicanos tivessem escolhido Ron Paul ou Santorum. Mas isso fica pra especulação, por hoje é dia de recordação. Isso aí pessoal, postando e relembrando…


Categorias: Há um ano...


0 comments