Há um ano...

Por

Os meados de Janeiro do ano passado reservaram interessantes postagens aqui na Página Internacional. 

O Luís Felipe fez um texto sobre as eleições norte-americanas. Naquela época já era grande a disputa entre o democrata Obama e o republicano Romney. Debatia-se o montante arrecadado para as campanhas, fazendo do atual presidente uma “máquina” de juntar dólares, pois a soma total a ser levantada estava na casa de 1 bilhão, quatro vez mais a do seu ex-adversário. Ao que tudo indica, a estratégia deu certo e Obama está se preparando para seu segundo mandato. Por falar nisso, a posse será amanhã, dia 21, no National Mall da cidade de Washington. 

Também em Janeiro eu escrevi um dos meus primeiros posts ainda como leitor no blog. Foi um texto sobre relações Brasil-Cuba, no qual retratei um pouco do apanhado histórico da política externa do nosso país. Meu intuito era alertar mais para o fato de estarmos enraizando relações com países considerados “terceiro mundistas”, embora pessoalmente não goste muito deste termo. Isso continua, sem muita delonga, nos dias de hoje. 

Em “Viajando”, Raphael falou sobre as visitas do presidente iraniano, Mamoud Ahmadinejad, pela América Latina. Ele visitou Venezuela, Cuba, Nicarágua e Equador. Entretanto, não veio ao Brasil. Estranho? Não muito, porque Lula já não estava mais no comando por estas bandas e Dilma nunca teve uma relação “mucho amiga” com Ahmadinejad. O que ele queria mesmo, e talvez ainda queira, era mexer no quintal dos Estados Unidos, articular sua visão anti-imperialista e estreitar os laços com os governos de esquerda daqui. 

Por fim, a Bianca escreveu sobre os 10 anos da Prisão de Guantánamo. Isso já bastava, né? Parece que não. Retratei mais um aniversário do presídio na semana passada concluindo que não existe previsão de fechamento do mesmo. Triste, mas real.


Categorias: Há um ano...