Há um ano...

Por

O tempo continua passando rápido. Rápido até demais e, por isso, a Página Internacional sempre procura retomar o que foi importante há cerca de um ano. Voltemos, então, aos meados de Fevereiro de 2012. 

Em um post intitulado “Elefantes na sala”, Raphael mostrava que o elefante era a crise financeira e a sala a União Europeia tendo como possível móvel de canto a Grécia. Este processo ainda não teve fim e nos dias de hoje o país continua com uma política de recuperação de seus índices econômicos. Desde Outubro do ano passado mais de 20 mil gregos perderam suas ocupações e a taxa de desemprego chegou aos 36% entre os jovens (25-34 anos). Falta chão ainda, mas a União Europeia tem se mostrado consistente em promover mudanças. Já não há mais um “medo” de haver um retrocesso vertiginoso na integração. 

Escrevi outro texto sobre a crise na Síria e os reflexos da Primavera Árabe (veja em “Alguém quer damascos?”) Existem uma certeza e uma dúvida sobre isso. Primeiro, é fato que os acontecimentos na Síria tomaram proporções catastróficas. Assad, o qual possui estudos em Direitos Humanos (sim, é verdade!), não abre mão do poder. Do outro lado, a primavera já virou inverno, verão e outono. Não sabemos quais são e quais serão seus resultados a curto prazo. É só olhar o que vem acontecendo no Egito, por exemplo. 

Uma excelente análise sobre ensino superior e universidades foi publicada pelo Luís Felipe em “Estudar ou não estudar?”. Carreira profissional, custos de vida, falta de oportunidades, mercado rigidamente concorrido e assim por diante são algumas facetas da vida de todos nós. Bem escreveu que “o diploma sozinho não garante um futuro seguro”. Falando nisso, a Ministra da Educação da Alemanha pediu demissão semana passada após perder seu título de doutorado. Motivo? Acusação de plágio! Ironias do destino, seu pseudo-diploma resultou em adiamento da aposentadoria.

E, claro, também era tempo de Carnaval há um ano! É ritmo de festaaa… Falava-se na projeção internacional do Brasil pós-Lula e pró-Dilma. Hoje só se fala no feriadão prolongado do Senado e da Câmara dos Deputados (veja aqui).

Mas agora o ano começa de verdade! Já tem até ovo de páscoa nos supermercados.


Categorias: Há um ano...


0 comments