Há um ano...

Por

Relembrando os temas que eram discutidos aqui no blog há um ano, é impossível deixar de destacar a conquista histórica do status de “Estado observador não membro” da Palestina na Organização das Nações Unidas (ONU). Mesmo que essencialmente simbólica, a conquista reitera que os termos “Palestina” e “Estado” podem (e devem) fazer parte de uma mesma frase, além de avançar (lentamente, como tudo no plano internacional) em direção a mudanças mais profundas.

Há pouco mais de duas semanas, em mais um momento histórico, a Palestina participou pela primeira vez de uma votação na ONU, para eleger um dos juízes do Tribunal Penal Internacional para a Antiga Iugoslávia – uma das únicas situações em que Estados observadores não membros podem participar da tomada de decisões (mais aqui). Ano a ano, vemos que a história avança por meio de seus atores, refletindo novas configurações e anseios da comunidade internacional.

Também um ano atrás, o blog recebia dois posts de leitores muito interessantes. O primeiro, do leitor Bruno Theodoro Luciano, tratava da crise do Euro e da integração regional europeia, destacando o impacto das medidas de austeridade e o desemprego que geraram forte insatisfação população. Assunto mais que atual e muito mais complexo que uma simples crise financeira

O segundo post foi enviado pela leitora Fernanda Ferreira Chan, trazendo uma interessante análise sobre o orçamento da Organização dos Estados Americanos (OEA) e os impactos de sua redução para 2013, vale a pena rever.

Por fim, vale a pena rever também o texto da série “Conversando com a Teoria” em que é discutida a questão das redes no plano internacional – fenômeno antigo, mas intensificado pela globalização e pela interdependência cada vez maior entre os países, o tema é extremamente atual e merece (re)leitura. 

Postando e relembrando, este é o “Há um ano…” na Página Internacional! 


Categorias: Há um ano...


0 comments