Há um ano...

Por

…as coisas estavam animadas pelo mundo. E muito parecidas com o que rolou nas últimas semanas. Pra começar, a postagem do primeiro de abril e os comentários sobre as mentiras e pegadinhas das relações internacionais vale muito pro caso da saia justa do presidente do Uruguai, Jose Mujica, que disse umas verdades (ou aquilo que nunca queria dizer em público) sem saber que estava sendo gravado e agora precisa apaziguar os ânimos com a vizinha Argentina. O interessante é que já teve outros episódios em que ele se referiu aos Kirchner de maneira não muito cortês… Afinal, as desculpas vão ser mais mentiras? Vem mais coisa por aí… 

Pouco depois, postagem sobre os BRICS, questionando um pouco a eficácia e o modo de atuação desse bloco, que não parece nada concreto. O tom era de dúvida, mas ao mesmo tempo de expectativa com relação à atuação do “bloco”, pela pujança dos membros e seu ineditismo em conceito. Pois bem, o que vimos semana passada? Uma análise que corrobora tudo isso em seu tom mais negativo, com a visão dos BRICS como uma ficção que ainda não trouxe nada além de interesses vagos e muitas reuniões. Parece que vai ser assim por um bom tempo ainda. 

Por fim, é claro, fica a sensação de déjà vu quando vemos a postagem sobre a Coreia do Norte e os fatos da última semana. Em 2012, a provocação era com a comemoração do avô do Kim Jong Un, e o lançamento de foguetes que poderiam muito bem virar mísseis no futuro. Hoje vemos isso com tons mais sombrios (e espetaculosos), mas ainda assim, uma provocação, e nada mais. No que Kim tem muito sucesso, já que a intenção é “causar”: estamos aqui há dois anos falando do mesmo assunto sobre ele… e nunca acaba! 

E vamos que vamos, postando e relembrando pessoal.


Categorias: Há um ano...


0 comments