Esse tem cara de gente!

Por

Olá, pessoal. As declarações do Obama para o Irã de fato foram muito impactantes. Renderia um bom post. Mas eu acho que o Marcos Guterman escreveu um post tão bom, chamado ‘O Grande Satã estende a mão’ (veja aqui), que eu me isento de postar sobre isso.

Mas ela estava entre nós hoje, e isso também é muito importante. A bela e elegante presidente da Argentina Cristina Kirchner esteve hoje no Brasil, em uma reunião da FIESP sobre oportunidades de negócios entre Brasil e Argentina.

Os poucos que esperavam que algo importante sobre a recente tensão comercial e a moleza do Brasil para com a Argentina fossem comentados se decepcionaram. Nenhuma novidade, nada do que a gente já não saiba. O Brasil tem pressionado o setor privado a negociar, produto a produto, setor com setor, cotas de exportação com a Argentina, e é isso que vai ocorrer, vamos baixar a cabeça de novo.

O pior é que a contrapartida que o Brasil espera da Argentina diz respeito ao desvio do comércio. Isso é muito simples. Nós deixamos de vender para lá e eles começam a comprar de outros países, como a China, que tem custos muito menores. Ou seja, o que era para proteger a indústria local acaba piorando ainda mais a situação, uma vez que o comércio se desvia beneficiando outro que nem da região é. E parece que a Argentina não quer barrar a entrada de produtos chineses…

Mas, pra variar, quem chamou mesmo a atenção foi nosso presidente. Talvez abalado pela queda em sua popularidade, ele resolveu ‘improvisar’.

Isso aqui não é um convento de freiras, são duas nações soberanas (sobre as tensões comerciais entre Brasil e Argentina. O que ele tem contra as freiras?)

Agora os EUA têm um presidente com cara de gente (sobre o fato de os Estados Unidos terem um presidente do povo, que fala como a gente, etc.) – Sem comentários.

Concorda que agora eles têm um presidente que tem cara de gente? E os outros, cara de que tinham?


Categorias: Américas, Brasil, Oriente Médio e Mundo Islâmico